Buscar

O básico do SVN no Ubuntu

Abreviação para Subversion, o SVN é um sistema de controle de versão multiplataforma e também tem versão para o Ubuntu.


Instalação


Para instalá-lo faça:

sudo apt install subversion 

Ciclo básico de utilização


A utilização do SVN pode ser individual ou em grupo e durante a utilização do repositório SVN pode ser visto um ciclo básico que é composto por:


  1. Fazer update da cópia de trabalho. Para isso utiliza-se o comando svn update.

  2. Modificar arquivos. O mais comum é alterar um arquivo ou diretório, mas eles podem ser adicionados, removidos, copiados e movidos. Essas operações envolvem os comandos svn add, svn delete, svn copy e svn move.

  3. Verificar as mudanças que foram feitas. Os comandos svn status, svn diff são importantes para isso.

  4. Consertar cagadas. Erros acontecem e para voltar para um versão anterio utiliza-se do comando svn revert.

  5. Resolver algum conflito ou agrupar modificações de outros usuários. Em geral, são utilizados os comandos svn update e svn resolve.

  6. Fazer o commit das suas modificações. O comando svn commit transfere as modificações feitas para o repostório onde serão criadas novas versões. A partir daí, outros usuários podem ver suas modifições


Vamos considerar aqui uma utilização individual e além disso, o local onde colocaremos os arquivos do repositório será no computador do usuário.


Criação do repositório e da cópia de trabalho


Antes da utilização é necessário criar o repositório. Para criá-lo passe o comando:

svnadmin create meu-repo

Ele criará no diretório atual um repositório em uma pasta chamada meu-repo. Nesse local ficarão todos os dados do controle de versão. É importante lembrar que o conteúdo desse diretório não deve ser alterado diretamente.

Para utilizar nos passos seguintes esse repositório faça o checkout em uma outra pasta. Esse procedimento cria por padrão uma cópia de trabalho dos arquivos mais recentes guardados no repositório. A partir dessa nova pasta poderão ser incluídos, removidos e alterados os arquivos.


O comando é:

svn checkout CAMINHO_PARA_REPO

Nele deve ser colocado o local onde foi criado o repositório meu-repo, no passo que foi utilizado o comando svnadmin create.


Utilização


Para a simplificação do processo vamos falar dos passos mais importantes quando se utiliza o controle de versão sem que hajam outros usuários utilizando o mesmo repositório: 1, 2 e 6.

É boa prática, sempre fazer update antes de fazer qualquer coisa. Isso garante que os arquivos estejam, nesse momento, atualizados com os mais recentes do repositório.

Como exemplo vamos criar um arquivo vazio chamado arquivo-teste.txt , adicioná-lo e enviá-lo ao repositório.

(Passo 1).

Inciemos com o update

svn update CAMINHO_PARA_REPO

Agora criaremos o arquivo vazio dentro da pasta de trabalho.

echo "" > CAMINHO_PARA_REPO/arquivo-teste.txt

(Passo 2)

Depois de criar o arquivo é necesário adicioná-lo ao controle de versão com o comando.

svn add CAMINHO_PARA_REPO/arquivo-teste.txt

(Passo 6)

E finalmente enviar a modificação, adicionando um comentário.

svn commit CAMINHO_PARA_REPO -m "Criado o arquivo arquivo-teste.txt"

Agora você sabe:

  • criar um repositório usando o svnadmin create;

  • fazer uma cópia de trabalho usando o svn checkout;

  • pegar as modificações mais recentes com svn update;

  • adicionar um arquivo ao controle de versão utilizando svn add;

  • enviar modificações com o svn commit.

Referência http://svnbook.red-bean.com/

Quer saber mais sobre SVN? Dá um like para eu saber. E se houver dúvida, pode deixar como comentário.

29 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo